O II Seminário Internacional sobre Pensamento Crítico (SIPC 2015) será realizado nos dias 8 e 9 de maio na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, em Vila Real, na Região Vinhateira do Alto Douro, elevada a Património da Humanidade pela UNESCO em 2001. Junte o seu grupo de colegas e/ou acompanhantes e venham desfrutar da paisagem, cultura e gastronomia da nossa região. Poderá entrar em contacto com o nosso parceiro Douro Walk e escolher o pacote turístico de passeios e/ou caminhadas que melhor vai de encontro aos seus interesses. Consulte as várias opções aqui: http://bit.ly/1P1GmwY

Douro_Walk

Contactos:

(+351) 919 403 509

dourowalk@gmail.com

www.dourowalk.pt


Pontos de interesse no Campus da UTAD

Museu de Geologia Fernando Real

museu_geoO Museu de Geologia “Fernando Real” é um lugar onde as Ciências da Terra são representadas através de uma séria de artefactos que representam alguns dos processos geológicos que vêm ocorrendo na Terra há muitos milhões de anos. Tem uma área de aproximadamente 250m2. O património do Museu está distribuído por várias coleções, como: a evolução da vida através dos períodos geológicos, que reúne peças fósseis, icnofósseis e modelos que demonstram essa evolução; minerais tais como elementos que formam rochas; tipos de rochas de acordo com as suas origens; e coleções de amostras relacionadas com as principais minas portuguesas.

 

Jardim Botânico da UTAD

jbO Jardim Botânico da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro é emblema de um povo, de uma história, de uma vontade. Quatrocentos milhões de anos estão presentes neste paraíso de vida e universo de emoções. Desde arqueogenismos Devónico-Carbónicos até neogenismos Miocênicos, desde o distante late antártico até as encostas do Corgo, desde as mais altas montanhas até os mais fundos vales, no Jardim da UTAD são faladas as línguas da vida com a fluência que a imaginação e a fluência sempre deixam.

 

 


Pontos de interesse em Vila Real

Fundação Casa de Mateus

A Casa de Mateus é mandada construir na primeira metade do século XVIII por António José Botelho Mourão, 3º Morgado de Mateus. Substitui-se à casa da família já existente no local em inícios do século XVII. Em 1911 é classificada como Monumento Nacional. A arquitectura barroca, de gosto italiano, é atribuída a Nicolau Nasoni pela coerência do estilo e semelhança com outras obras de sua autoria. Segundo Robert Smith, especialista na sua obra, o arquitecto terá dedicado à construção da Casa, ou pelo menos à sua fachada central e decoração, os anos entre 1739 a 1743.

 

Museu da Vila Velha

O Museu da Vila Velha pretende ser o ponto de partida para um conhecimento mais profundo da história de Vila Real, atribuindo especial – e natural – relevo à área intervencionada. Para além da interpretação das estruturas arqueológicas preservadas, a investigação de áreas já conhecidas (entretanto protegidas) e a identificação de outras partirá desta instituição: ao mesmo tempo, o museu constitui-se como um espaço onde o visitante poderá contactar de perto com os resultados das intervenções, mas também com as práticas arqueológicas associadas.

 

 

Teatro de Vila Real

O complexo, com uma arquitectura moderna e uma agradável localização à margem do Parque do Corgo, é constituído pelo Grande Auditório (com capacidade para 500 lugares), o Pequeno Auditório (145 lugares), o Auditório Exterior (700 lugares), a Sala de Exposições, o Café-Concerto (com esplanada), a Galeria-Bar e duas salas de ensaios, para além de variadíssimas áreas técnicas. No mesmo edifício está ainda instalado o Museu do Som e da Imagem.

 

 


Pontos de interesse perto de Vila Real

Santuário de Panóias

O Santuário de Panóias está classificado como Monumento Nacional e dispõe de uma Zona Especial de Protecção. É propriedade do Estado e está afecto à Direcção Regional da Cultura do Norte. Durante muitos anos denominado Fragas de Panóias, foi alvo de variados estudos desde o séc. XVIII até aos nossos dias, por parte de investigadores nacionais e estrangeiros. É constituído por um recinto onde se encontram três (entre outras) grandes fragas onde foram talhadas várias cavidades, de diversos tamanhos, bem como escadas de acesso.

 

 

Rio Douro

O rio Douro é o segundo maior rio de Portugal, com um comprimento total de 927 quilómetros desde a nascente, na Serra de Urbión, em Espanha, até à cidade do Porto. Em território português, este rio tem 210 quilómetros de comprimento, e é navegável ao longo de todo esse percurso. Foi este rio, em tempos muito estreito e perigoso, que trouxe prosperidade à região, visto que era através dele que se fazia o transporte do Vinho do Porto.

 

 

Miradouro de São Leonardo (Galafura)

Próximo de Covelinhas e Gouvinhas, entre Vila Real e Peso da Régua, o Miradouro de São Leonardo da Galafura proporciona panoramas de grande beleza natural sobre o maravilhoso rio Douro, manifestando a excelência da região de Trás-os-Montes. Daqui as vistas surpreendem, pautadas com a beleza magnífica do rio Douro, recortado pelos socalcos de onde nasce o tão afamado vinho do Douro, que durante séculos tem caracterizado a vida da região.

 

 

Santuário de Nossa Senhora dos Remédios (Lamego)

Edificada no cimo do Monte de Santo Estevão, o Santuário de Nossa dos Remédios é, a par do Bom Jesus de Braga, uma das igrejas barrocas de peregrinação mais significativas do país. Ainda em tempos medievais existia, no mesmo local, uma pequena ermida dedicada a Santo Estêvão, mandada reedificar no século XVI, pelo Bispo de Lamego, D. Manuel de Noronha.

 

 

Mosteiro de São João de Tarouca

Este Mosteiro, tal como o de Salzedas pertenceu à Ordem dos monges Bernardos. Data do século XIII a sua fundação e a ele anda ligado o nome de D. Afonso Henriques. Obra colossal no seu conjunto e interessante nas suas partes, é tão valiosa e notável que tem prendido a atenção dos estudiosos na matéria.